Browsing: 09 de Setembro

Dia 09 de setembro

8h30 – 10h30 – Assembléia da ABET – eleição da nova diretoria da ABET.

10h30 – 12h30 – Mesas Redondas

Mesa Redonda 8:
Trabalho, crise e políticas de austeridade no Brasil recente

Coordenador: Marco Aurélio Santana (UFRJ)

Expositores:
Ricardo Antunes (UNICAMP)
Graça Druck (UFBA)
Ruy Braga (USP)

Mesa redonda 9
O capitalismo contemporâneo e a terceirização: novas abordagens e fontes para pesquisa

Coordenadora: Magda Barros Biavaschi

Expositores:
Márcia de Paula Leite (Doutora, Professora Titular do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas à Educação da Unicamp)

Hugo Barretto Ghione (Doutor, Professor Titular Catedrático de Direito do Trabalho e de Seguridade Social da Universidade da República)

Gabriela Neves Delgado (Doutora, Professora Associada de Direito do Trabalho dos Programas de Graduação e Pós-Graduação da Faculdade de Direito da UNB)

Alisson Droppa (Doutor, Pós Doutorando em Educação pela Faculdade de Educação da UNICAMP – Bolsista FAPESP)

Marilane Oliveira Teixeira (Economista, mestre em economia política e doutoranda do programa de economia social e do trabalho da IE/UNICAMP, pesquisadora do tema de relações de trabalho e gênero, assessora sindical e colaboradora da OIT/ACTRAV e da Industrial no Brasil)

Mesa redonda 10
A presença e inserção dos imigrantes no mercado de trabalho brasileiro

Coordenador: Leonardo Cavalcanti (Professor da Universidade de Brasília (UnB) – Instituto de Ciências Sociais – Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas (CEPPAC). Observatório das Migrações Internacionais (OBMigra))

Expositores:
Antonio Tadeu de Oliveira (Pesquisador do IBGE)

Tania Tonhati (Doutoranda em Sociologia na Universidade de Londres, Goldsmiths College)

Delia Dutra (Pós-doutoranda (CAPES) no Programa sobre Estudos Comparados sobre as Américas (CEPPAC), Universidade de Brasília/ Doutora em Sociologia pela Universidade de Brasília)

14h – 17h: Grupos Temáticos

GT1: Desenvolvimento, territórios e trabalho
Coordenadores: José Ricardo Ramalho (UFRJ), Roberto Véras de Oliveira (UFPB) e Octávio Maza (Universid de Aguascalientes/México)
Sessão 3
1. Trabalho e território: o complexo portuário do Rio de Janeiro em análise, Maria Dalva Casimiro da Silva
2. Ascensão, terceirização e declínio do industrial naval brasileira sob o novo desenvolvimentismo: o caso do estaleiro Atlântico Sul, Diogo Fernandes da Silva e Roberto Véras de Oliveira
3. COMPERJ – estratégia de acumulação e modelo de desenvolvimento, Marcelo Ferrari Barbosa e Luís Antonio Cardoso
4. Desenvolvimento econômico e (re)configuração do trabalho no município de Goiana-PE, Renato Lima dos Anjos, Andrew Lucas M. S. Pinto e Rejane Gomes Carvalho
5. Modernização seletiva e as disputas dos sentidos do trabalho no estado de Mato Grosso, Roberto Alves de Arruda e Enaide Tereza Rempel
6. Desenvolvimentismo, neoliberalismo e “neodesenvolvimentismo”: o real interesse por trás das políticas de desenvolvimento no Brasil, Leonardo Patrício de Barros

GT2: Regulação, políticas e instituições públicas do trabalho
Coordenadores: José Dari Krein (Unicamp) e Magda Biavaschi (Unicamp)
Sessão 3 – Conteúdos da regulação do trabalho

1. Resistência, regulação e cidadania: a dialética do trabalho em telemarketing na região metropolitana de Salvador, Renata Queiroz Dutra
2. A Economia Política da Redução do Tempo de Trabalho, Mariana Reis Maria, Paulo Sérgio Fracalanza e Rosana Icassatti Corazza
3. Programa de Proteção ao Emprego: Uma avaliação preliminar a partir da percepção dos atores sociais participantes, Clóvis Roberto Scherer e Tiago de Oliveira
4. As carreiras dos professores públicos de educação básica (2003-2015), Julián Gindin

GT4: Reconfigurações do trabalho
Coordenadoras: Marcia de Paula Leite (Unicamp), Angela Maria Araújo (Unicamp) e Maria Aparecida Bridi (UFPR)

Sessão 4 : Profissionais de saúde, contratos flexíveis e precarização
1. As formas flexíveis de contratação no emprego formal dos profissionais de saúde entre 2004 e 2015, Juliana Bacelar de Araújo e Camila Lins Rodrigues
2. O recrutamento internacional de médicos cubanos pelo programa Mais Médicos, Patrícia Villen
3. Proletários do fitness, Alvaro de Azeredo Quellas e Bruno Martins Raposo
4. A perda do direito de adoecer: o trabalhador frente ao desmonte da previdência social, Ana Claudia Mendonça Semedo

Sessão 5: Novas configurações do trabalho, mercado de trabalho e superexploração
1. O papel das marcas na indústria automobilística, Diego Moreira Maggi
2. O novo e precário mundo do trabalho no século XXI: reestruturação produtiva, flexibilização do trabalho e desemprego na Mitsubishi de Catalão (GO), José de Lima Soares
3. Startups, Coworking e Pós-fordismo: modelos, discursos e racionalidades coerentes para um novo momento do trabalho, Breilla Zanon
4. O mercado de trabalho brasileiro a partir dos anos 2000: uma leitura dos dados a luz da categoria Superexploração da força de trabalho, Márcia de Lima Pereira Couto, Carlos Augusto Couto Xavier e José Raimundo Barreto Trindade
5. Capitalismo brasileiro e superexploração da força de trabalho: a contribuição de Ruy Mauro Marini, Júlia Ferrari Raposo de Moraes

Sessão 6: Trabalho precário, informalidade e superexploração
1. O Trabalho e suas reconfigurações precárias: Um estudo em pequenos empreendimentos do setor calçadista de Campina Grande-PB, Roseli de Fátima Corteletti
2. Entre a proteção social e a emancipação: estratégias de sobrevivência de artesãs rendeiras no Cariri Paraibano, Carla Gisele Moraes
3. Trabajo a domicilio, último eslabón de los encadenamientos de la producción neoliberal en Chile, Claudia Gonzalez
4. Território comercial de Toritama: persistência e metamorfoses da informalidade, Bruno Mota Braga
5. Uma distorção conceitual: informalidade e empreendedorismo, Thiago Brandão Peres

GT5: Sindicalismo e ação coletiva dos trabalhadores
Coordenadoras: Patrícia Vieira Trópia (UFU), Paula Marcelino (USP), Andreia Galvão (Unicamp)

Sessão 4 – Desafios do sindicalismo nacional e internacional
Coordenação: Patrícia Vieira Trópia (UFU); Paula Marcelino (USP) e Andréia Galvão (Unicamp)
1. Foxconn Brasil: a incerta protecção do trabalho nas relações sindicais, Davide Bubbico
2. Ação sindical e a questão de gênero: um estudo sobre a participação das mulheres nas direções da Central Única dos Trabalhadores – CUT, Elida Franco
3. Trabalhadores e sindicatos na construção da prática sindical revolucionária na Primeira República: questões historiográficas, Kaio César Goulart Alves
4. Características y determinantes de las huelgas laborales (in)eficaces en el sector privado de la economía en el Chile Actual (2006-2016), Nicolás Selamé e Nicolás Ratto
5. “Nuestra Lucha es en Contra del Sindicato” Una Etnografia del Antagonismo Obrero del Sindicalismo de Protección Patronal en México. El Caso de la Industria Automotriz, Paolo Marinaro

Sessão de Pôsteres
1. A influência das manifestações de junho de 2013 nas lutas e greves de trabalhadores sindicalizados de São Paulo (SP), Mateus Alves de Mendonça e Paula Pereira Marcelino
2. Sindicalismo brasileiro e precarização do trabalho, Maisa Santos Calazans Silva

GT6: Relações de gênero, raciais e geracionais no trabalho
Coordenadoras: Hildete Pereira de Melo (UFF), Bárbara Castro (Unicamp) e Cristiane Soares (IBGE)

Sessão 5: Mudanças e permanências no trabalho doméstico contemporâneo
1. Gênero, raça e classe. Aportes teóricos para uma análise articulada, Daniele Motta (Unicamp) e Angela Araújo (Unicamp)
2. Emprego doméstico em tempos de crise:impactos da recente precarização do mercado de trabalho sobre a categoria doméstica no Brasil, Juliane da Costa Furno (Unicamp), Cristina Pereira Vieceli (UFRGS) e Carlos Henrique Horn (UFRGS)
3. Mucama permitida: a identidade negra do trabalho doméstico no Brasil, Tamis Porfírio Costa Crisóstomo Ramos Nogueira (UFRRJ)
4. Estratégias de articulação entre trabalho produtivo e reprodutivo após a “PEC das Domésticas”: realinhamentos entre Estado, mercado e família, Alexandre Barbosa Fraga (UFRJ)
5. Trabalho doméstico masculino e feminino: contrapontos a partir de uma dimensão de gênero, Maria Chalfin Coutinho (UFSC), Tielly Rosado Maders (UFSC), Camila Trindade (UFSC) e Liandra Savanhago (UFSC)

Sessão de Pôsteres
1. Trabalho e gênero onde estão as trabalhadoras na indústria automobilística?, Letícia Mendes Pereira Graduanda (UFRRJ) e Paula do Carmo N. da Silva Graduanda, Bolsista CNPq (UFRRJ)
2. Divisão sexual do trabalho e terceirização nos restaurantes universitários, Quezia Gurgel (Unicamp)

GT8: Trabalho e Educação
Coordenadoras: Aparecida Neri de Souza (Unicamp) e Selma Venco (Unicamp)

Sessão 5: Estudos sobre profissões, formação e ocupações
Coordenação: Selma Venco
1. A música como semiprofissão, a condição de microempreendor e os currículos superiores em música: reflexões sobre educação e trabalho, Euridiana Silva Souza (UFMG)
2. Funcionários ou fotógrafos? Possibilidades de ruptura com o campo da profissionalização, Milena Pimenta de Souza (UNB)
3. Influência da escolaridade dos pais no perfil sócio-ocupacional de jovens com ensino superior: um estudo preliminar dos dados da PNAD 2014, Camila Yuri Santana Ikuta; Gustavo Plinio Paranhos Monteiro (DIEESE)
4. Egressos da Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC) – principais características dos tecnólogos formados pelo Centro Paula Souza, Zuleica Cristina Mizael Vicente (UNICAMP)
5. A precarização do trabalho de operador de telemarketing: a prática sobre generalidades, Jordan Rodrigues dos Santos; Sania Nayara da Costa Ferreira (UFF)
“6. As contribuições do Pronera na formação profissional dos assentados extrativistas da reforma agrária do Estado do Amapá, Oseias Soares Ferreira; Marcia de Paula Leite (UNICAMP)

Sessão 6: Mercado de trabalho, rendimentos e escolarização
Coordenação: Aparecida Neri de Souza
1. Investimentos em capital humano e retornos da educação para grupos de rendimento intermediário no Brasil , 1991-2000, Mariana Farias Neves; Ana Carolina da Cruz Lima (UERJ)
2. Análise dos rendimentos dos trabalhadores paraenses, segundo nível de instrução, Mariza Felipe Mathis; Luciana Cristina Romeu de Sousa; Hilder André Bezerra Farias (UFPA)
3. A reestruturação do mercado de trabalho diante do capitalismo cognitivo e da empregabilidade, Paula de Macedo Santos (UFFRJ)
4. Empreendorismo e educação: a educação empreendedora e seus pressupostos teóricos para a formação da sociabilidade contemporânea, Graziany Penna Dias (UFJF)
5. Os desafios da qualificação e do trabalho desigual dos trabalhadores com deficiência, frente às novas demandas do mercado de trabalho no Brasil, Michele Paitra Alves dos Santos (UFPR e IFPR)

GT9: Trabalho e saúde
Coordenadores: Jose Augusto Pina (FIOCRUZ), José Roberto Heloani (Unicamp) e Mara Takahashi (CEREST)

Sessão 3 –
1. Entre a carreira do adoecido e a permanência no trabalho, Ana Christina G. Pereira e Cristina A. C. Filgueiras
2. Psicologia e Saúde do Trabalhador: Uma análise dos grupos de pesquisa do CNPq, Rômulo Lopes da Silva, Heloisa Aparecida de Souza, Marcia Hespanhol Bernardo
3. Assédio moral no trabalho em bancos e empresas/fábricas: perspectiva de gênero e raça, Cristiane Batista Andrade
4. A autopercepção de saúde dos trabalhadores de uma empresa do setor industrial de processamento de carnes, Simone Artifon e Cleide Fátima Moretto
5. O adoecimento laboral em questão: notas para uma explicação sociológica, Erika L. Almeida Soares
6. Intensificação do trabalho e adoecimento: uma análise crítica sobre a realidade dos servidores públicos do poder judiciário, Grace Kelly Moura de Oliveira
7. Quando o trabalho encontra a atividade: Reflexões sobre Trabalho e Subjetividade nas Telecomunicações do Rio de Janeiro, Maria Cristina Paulo Rodrigues

GT10: Cultura, identidade e subjetividade nos mundos do trabalho
Coordenadores: Mauricio Rombaldi (UFPB), Inez Stampa (PUC-Rio) e Alejandra Estevez (UFF)

Sessão 2 –
1. Um habitus corporativo? Sobre a função de executivos na reprodução do novo capitalismo, Fabrício Maciel
2.Condições de Trabalho e Satisfação do Trabalhador, Noêmia Lazzareschi
3.SEXTOU: O que a veneração pela sexta-feira revela sobre nossa sociedade? Saulo de Castro Ferreira Neto
4. Cooperação líquida: um breve estudo acerca dos coletivos de trabalho no setor offshore de Macaé-RJ, Ana Carolina Mendes Duarte; Bruna Thais De Oliveira Souto.
5. As vivências de sofrimento relacionadas ao trabalho e a demissão junto a trabalhadores do setor offshore de Macaé-RJ, Ana Carolina Mendes Duarte; Soraya Rodrigues Martins.
6.Contexto offshore: intensidades e pluralidades nas relações laborais, Tielly Rosado Maders; Maria Chalfin Coutinho
7. “A vida parou ou foi o automóvel”: os efeitos da crise na indústria automobilística no status social dos “trabalhadores de fábricas” na cidade de Resende RJ, Bruna Letícia Costa dos Santos

GT11: Emprego, estrutura ocupacional e rendimentos
Coordenadores: Ivan Moreira Targino (UFPB), Fernando Mattos (UFF) e Jordão Horta Nunes (UFG)

Sessão 4 – Emprego
1. Características do emprego dos trabalhadores com deficiência no município de Campinas (SP), Guirlanda Maria Maia de Castro Benevides e Vinicius Gaspar Garcia
2. Emprego terceirizado no Ceará para os anos de 2006, 2012 e 2015, Keslem Raiane Gomes e Rosemary de Matos Cordeiro
3. Crescimento e Emprego Formal: Uma análise setorial para o período 2000-2013, Polliany Aparecida Lopes de Carvalho, Enzo Matono Gerioni e Henrique Rogê Batista
4. Dinâmica do emprego formal no estado da Paraíba (2002-2015), Renato Lima dos Anjos
5. Dinâmica produtiva e trabalho no setor de cerâmica vermelha: apontamentos para a região metropolitana do Cariri – CE, Christine Luci Bezerra Alves, Valéria Feitosa Pinheiro e Evânio Mascarenhas Paulo

Sessão 5 – Dinâmica da inserção ocupacional
1. Oferta de trabalho dos taxistas e efeito uber: uma análise para as regiões metropolitanas de Porto Alegre e Fortaleza, Priscila Silva Rodrigues e Ricardo Brito Soares
2. Inserção profissional de jovens estudantes e egressos de cursos superiores de tecnologia na região metropolitana de Porto Alegre/RS, Bibiana Volkmer Martins e Sidinei Rocha de Oliveira
3. Idosos empreendedores, Guilherme Vian e Vivian Queiroz
4. Análise das relações de trabalho dos jornalistas: evidências a partir de Santa Catarina, Janara Nicoletti e Lauro Mattei
5. Uma proposta de classificação das ocupações da PME usando indicadores de qualidade, Sandro Eduardo Monsueto, Bárbara Christina Pereira da Silva Carrijo e Jaqueline Moraes Assis Gouveia

Sessão de Pôsteres

17h – 17h30 – Coffee Break

17h30 – 19h30 – Conferência de encerramento: ” Reformismo liberal conservador e as perspectivas do Brasil”, Márcio Pochmann (UNICAMP)

Powered by themekiller.com