Programação completa do dia 08 de Setembro

0
Dia 08 de setembro
09h – 11h – Mesas Redondas
Mesa Redonda 5:
Trabalho doméstico remunerado no Brasil: para onde caminhamos?
Coordenadora: Moema Guedes (UFRRJ);
Expositores: Jurema Brites (UFSM); Maria Betânia Ávila (SOS Corpo); Antônio Junior (IPCA)
Mesa Redonda 6:
Previdência Social: Reforma e Impasses
Coordenadora: Hildete Pereira de Melo (Professora da Faculdade de Economia/UFF)
Expositores:
Denise Gentil (Professora do Instituto de Economia/UFRJ)
Eduardo Fagnani   (Professor do Instituto de Economia – UNICAMP)
Rosa Maria Marques (Professora da PUC/SP)
Mesa Redonda 7:
Mercado de trabalho no Brasil: Dimensão Regional e Diversidade nas Políticas Públicas de Emprego, Trabalho e Renda
Coordenador: Mario Henrique Guedes Ladosky (Doutor em Sociologia, Unidade Acadêmica de Ciências Sociais/UFCG, Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais/UFCG)
Expositores:
Tadeu Gomes Teixeira (Doutor em Ciências Sociais, Departamento de Administração e Ciências Contábeis/UFMA)
Cristiano Wellington Noberto Ramalho (Doutor em Ciências Sociais, Departamento de Sociologia/UFPE)
José Raimundo Barreto Trindade (Doutor em Desenvolvimento Econômico, UFPA, Programa de Pós-Graduação em Economia da UFPA)
Francisco Eduardo Beckenkamp Vargas (Doutor em Sociologia, Instituto de Filosofia, Sociologia e Política /UFPel)
11h – 12h30 – Conferência: “Labor, Systemic Chaos and Inequality:  From the Crisis of British World Hegemony to the Crisis of US Hegemony”, Beverly Silver (Johns Hopkins University, EUA)
14h – 17h: Grupos Temáticos
GT1: Desenvolvimento, territórios e trabalho
Coordenadores: José Ricardo Ramalho (UFRJ), Roberto Véras de Oliveira (UFPB) e Octávio Maza (Universid de Aguascalientes/México)
Sessão 2
1. A Cadeia global da carne e a superexploração do trabalho imigrante haitiano nos frigoríficos brasileiros, Letícia Helena Mamed
2. Institucionalização e transformações recentes no mercado de produção carvoeira para fins industriais na Amazônia Maranhense, Roberto Martins Mancini
3. A Questão agrária: trabalho, agricultura e financiamento, Rômulo Luiz Silva Panta e Ivan Targino Moreira
4. O Processo de implantação de áreas de reflorestamento no município de Açailândia/ Maranhão, Lia Renata Costa Gomes
5. A Produção do território: municípios “rurais” da região de Araraquara – SP, e do entorno da capital Goiânia – GO, Ricardo Luiz Sapia de Campos
6. Urbanização e trabalho: um estudo de caso na comunidade baixio dos gomes em Mauriti/CE, Antonio Fagundes Gomes da Silva, Ane Caroline Rodrigues Leite, Selton David Cavalcante Sobral e Francisco Assis Salviano de Souza
GT2: Regulação, políticas e instituições públicas do trabalho
Coordenadores: José Dari Krein (Unicamp) e Magda Biavaschi (Unicamp)
Sessão 2 –
Mesa 2 – As instituições públicas do Trabalho
1. A inspeção do trabalho no Brasil: apontamentos acerca do processo de reconfiguração institucional a partir da Constituição Federal de 1988, Luiz Felipe Monsores de Assumpção
2. A Justiça do Trabalho, o STF e a terceirização: notas sobre o processo de construção das decisões judiciais, Alisson Droppa e Magda Biavaschi
3. Inefetividade dos termos de ajuste de conduta firmados pelo ministério público do trabalho: uma análise empírica, Ilan Fonseca de Souza
4. O Fundo de Garantia das Execuções Trabalhistas: a emenda constitucional e as iniciativas de regulamentação, Roberto Di Benedetto
5. Os correspondentes bancários e Justiça do Trabalho no Brasil: diferentes formas de terceirização, Bárbara V. Vasquez e Alisson Droppa
GT4: Reconfigurações do trabalho
Coordenadoras: Marcia de Paula Leite (Unicamp), Angela Maria Araújo (Unicamp) e Maria Aparecida Bridi (UFPR)
Sessão 3: Trabalho imaterial e trabalho docente: intensificação e precarização
1. Precarização, intensificação, fragmentação e desvalorização do trabalho docente dentro e fora da escola,   Graziany Penna Dias, Fabricio Teixeira Barbosa e Tiago da Silva Oliveira
2. As relações de trabalho no modo de produção capitalista: implicações para o trabalho docente na educação a distância, Mariana Novaes e Eucídio Pimenta Arruda
3. Controle do trabalho docente no ensino superior privado no contexto da acumulação flexível em Campina Grande/PB, Nadine Gualberto Agra
4. Precarização do tempo de trabalho e seus impactos sobre o ofício docente, Sidartha Sória e Silva, Darcilene Gomes e Patrícia Vieira Trópia
5. Trabalhadores do Imaterial Precarizados, Henrique Amorim
GT5: Sindicalismo e ação coletiva dos trabalhadores
Coordenadoras: Patrícia Vieira Trópia (UFU), Paula Marcelino (USP), Andreia Galvão (Unicamp)
Sessão 2 – Sindicalismo brasileiro hoje – parte II
Coordenação: Paula Marcelino (USP)
1. O sindicalismo na corda bamba: um balanço da ação sindical nos anos PT, José Luiz Soares
2. Sindicatos e Fundos de Pensão no Governo Lula,Mateus Ubirajara Silva Santana, Paulo Sérgio Fracalanza e Lício da Costa Raimundo
3. Garis em movimento: a greve de 2014 e o Círculo Laranja, Veronica Triani
4. Movimento sindical e juventude: Uma investigação da juventude da CUT, Leise Helena Filgueiras
5. A influência da participação sindical nos critérios de justiça distributiva de trabalhadores do comércio, Tiago Magaldi
Sessão 3 – Ações coletivas dos trabalhadores
Coordenação: Andréia Galvão (Unicamp)
1. Trabalhadores marginais e contestação: a ação coletiva nos movimentos sem-teto, Flávia Gabriella Mariano
2. Joint-ventures, deslocamentos e ações coletivas, Sabrina de Oliveira Moura Dias
3. A Inexistência de autonomia da vontade coletiva frente à globalização econômica e o neoliberalismo, Rubens Soares Vellinho
4. Sindicalismo e movimentos sociais: o caso dos metalúrgicos do município de Açailandia-MA durante a crise e pós-crise econômica internacional de 2008, Wendson Veras Asevedo
5. O trabalhador da enfermagem: Entre a conquista da formalização e a dureza do regime de trabalho: dilemas para ação coletiva, Helton Saragor de Souza e Aquilas Nogueira Mendes
GT6: Relações de gênero, raciais e geracionais no trabalho
Coordenadoras: Hildete Pereira de Melo (UFF), Bárbara Castro (Unicamp) e Cristiane Soares (IBGE)
Sessão 3: Estado, mercado e família: os desafios do cuidado
1. O debate sobre a reprodução social no Brasil nos marcos da “crise do cuidado”, Fabiana Sanches Grecco (Unicamp)
2. O cuidado de crianças pequenas entre mulheres, casas e instituições, Renata Moreno (USP)
3. O Programa Empreendedor Individual e o trabalho das mulheres: As empreendedoras do Polo de Confecções do Agreste Pernambucano, Juliana Nunes Pereira (UFCG)
4. Determinantes do trabalho produtivo feminino: novos riscos em antigas tensões, Luana Passos de Souza (UFF)
5. Desigualdades temporais e consubstancialidade das relações sociais: carreira, família e cuidado entre os cientistas sociais, Marina de Carvalho Cordeiro (UFRRJ)
6. Ocupações diferentes, responsabilidades iguais, Danielle Fernanda Morais Pavan (IFG), Jaqueline Pereira de Oliveira Vilasboas (IFG) e Tatiele Pereira de Souza (UFG)
Sessão 4: Gênero, raça, sexualidade e as barreiras de entrada e de permanência no mercado de trabalho
1. O desafio da autoridade feminina: o caso das mulheres chefe, Bianca Briguglio (Unicamp)
2. A Formação superior militar e a igualdade de gênero: uma história de conquistas, Hercules Guimarães Honorato (Escola Naval)
3. Participação e rendimento feminino no grupo ocupacional profissionais das ciências e das artes, Luciana Portilho (Unicamp)
4. Desigualdade racial e de gênero no Brasil: o trabalho em quadros superiores e de dirigentes, Neville Julio de Vilasboas e Santos (IFG) e Jordão Horta Nunes (UFG)
5. Empreendedores negros no Brasil contemporâneo: visibilidade, cooperação e antirracismo, Jacques Mick (UFSC)
6. AS MULTIPLICIDADES ENVOLVIDAS NA RELAÇÃO TRABALHO(S), GÊNERO(S), SEXUALIDADE(S) E IDENTIDADE(S), Julice Salvagni (UFRGS) e Renato Koch Colomby (UFGRS)
GT8: Trabalho e Educação
Coordenadoras: Aparecida Neri de Souza (Unicamp) e Selma Venco (Unicamp)
Sessão 3: Jovens, inserção, formação e trabalho
Coordenadora: Selma Venco
1. Ensino médio e a inserção juvenil no mercado de trabalho, Ramon de Oliveira (UFPE)
2. O projeto soldado cidadão como política pública de inserção do jovem no mercado de trabalho, Hercules Guimaraes Honorato (Escola Naval)
3. Por que milhões de jovens brasileiros nem trabalham nem estudam?, Maitê Rimekká Shirasu (UFC), Ronaldo de Albuquerque e Arraes (UFC)
4. Os jovens que não trabalham nem estudam e a política educacional do Estado do Rio de Janeiro: um estudo exploratório, Marcos Rangel de Lima (IBGE), Miguel Bruno (IBGE)
5. Educação para o futuro: uma abordagem sobre novas possibilidades de carreiras, Simeia de Azevedo Santos (PUCSP)
6. Educação, lazer e trabalho: (con)formar o futuro trabalhador?, A. Vitor Guimarães (CEFET/MG)
Sessão 4: Trabalho decente, qualificação e condições de trabalho
Coordenação: Aparecida Neri de Souza
1. Qualificação profissional e promoção do trabalho decente: uma relação possível?, Carla Regina Mota Alonso Dieguez, Luciana Silveira (FESPSP)
2. Atividade de trabalho e valor: problemas éticos e questões epistemológicas, Daisy Moreira Cunha (UFMG)
3. Escolarização e trabalho infanto-juvenil: O caso do maciço do Morro da Cruz, Florianópolis, SC., Larissa Livramento Pereira (UFSC)
4. Quando o estágio não é supervisionado: a precariedade das relações de trabalho entre estudantes de pedagogia, Patrícia Pereira Vicente (UNICAMP)
5. Trabalho e educação. O percurso formativo dos trabalhadores reincidentes no Programa Seguro Desemprego, Silvia Marcela de Oliveira Magalhães; Remi Castioni (UNB)
6. O estágio como forma de precarização do trabalho: uma análise da finalidade pedagógica do estágio e dos requisitos 11.788/2008 nos estágios jurídicos na área trabalhista em Salvador, Lucas Santos de Castro (UFBA)
GT9: Trabalho e saúde
Coordenadores: Jose Augusto Pina (FIOCRUZ), José Roberto Heloani (Unicamp) e Mara Takahashi (CEREST)
Sessão 2 –
1. Estudo da exposição ocupacional e ambiental a baixas doses de benzeno: uma estratégia de avaliação da exposição integrada, Ariane Larentis, Isabele Costa-Amaral, Daniel Valente, Leandro V. B. de Carvalho, Liliane R. Teixeira, Paula Sarcinelli e Rita de Cássia O. da Costa Mattos
2. Organização do trabalho, condições de trabalho e transtorno de estresse pós-traumático: o caso de um acidente de trabalho em indústria, Juliana Lopes da Silva e Márcia Hespanhol Bernardo
3. Saúde e oferta de trabalho dos idosos do Rio Grande do Sul, Natália Terroso Pereira e Vívian dos Santos Queiroz
4. Saúde e Segurança do Trabalho em plataformas do setor offshore: o acidente com o FPSO Cidade de São Mateus, Ricardo Nunes Adams, Marcelo Gonçalves Figueiredo e Denise Alvarez
5. Os riscos para a saúde do trabalhador em teleatendimento no Brasil: fragilidade da intervenção sindical e campo regulatório refratário, Sirlei Márcia de Oliveira, Renata Miranda Filgueiras, Thamires Cristina da Silva
6. Trajetórias e experiências: Adoecimento, sofrimento e mal-estar de professores(as) num contexto de reconfiguração organizacional e de gestão do trabalho docente na UFG e UEG: 2012-2016, Edmar Aparecido de Barra e Lopes, Catarine Teixeira Sales, Joacylanny Silva Araujo e Mayara Rocha do Amor Divino
GT12: Trabalho e Economia Solidária
Coordenadores: Luis Inácio Gaiger (Unisinos) e Mario Henrique Guedes Ladosky (UFCG)
Sessão 2 –
1. A Função social nos empreendimentos econômicos solidários, Rita de Cássia Arruda Fajardo, Ana Cláudia Alcaide, Vanderlene Moura Silva
2. A Formalização jurídica na economia popular e solidária e a questão da ilegibilidade do Estado, Flávia Almeida Pita
3. Desafios para a implementação e o acompanhamento descentralizados das políticas de fomento à economia solidária, Viviani Renata Anze, Diogo de Carvalho Antunes e Guilherme Passarela
4. Políticas de fomento à economia solidária no estado de São Paulo no período recente (2011-2016): simulação de possíveis paybacks para o investimento público e considerações para a expansão do fluxo de benefícios associados, Viviani Renata Anze
5. Política pública em economia solidária: um estudo sob a ótica do gestor da incubadora pública de empreendimentos econômicos solidários da prefeitura de São Paulo, Sérgio Ricardo Gaspar
6. Desafios da economia solidária, gestão participativa e incubação e a contribuição para a geração de renda e o desenvolvimento de tecnologias sociais em tempos adversos, Tania Cristina Teixeira, Osvaldo Mauricio de Oliveira e Karen Munhoz de Oliveira
GT13: Dinâmicas demográficas e trabalho
Coordenadoras: Eugênia Leone (Unicamp) e Moema Guedes (UFRRJ)
Sessão 2 – Gênero, escolarização e salários
1. Empregadas domésticas e cuidadoras profissionais: perfis convergentes, status dissonantes, Graciele Pereira Guedes e Elisa Alonso Monçores Viana
2. Reconsiderando o Emprego Doméstico como Estratégia de Sobrevivência da Mulher Pobre no Brasil, Patrícia Sampaio Cotta e Ana Maria Hermeto Camilo de Oliveira
3. O Efeito do nível educacional sobre a diferença salarial por condição migratória na Região Nordeste, Maria Adreciana Silva Aguiar, Daniel Tomaz de Sousa, Francisco Germano Carvalho Lúcio e Priscila Silva Rodrigues
4. O Efeito aprendizagem sobre os salários nas grandes cidades, Caroline Lacerda Batista, Ricardo S. Freguglia e Débora Chaves Meireles
GT14: Tecnologia, Gestão e Processos de Trabalho
Coordenadoras: Leda Gitahy (Unicamp) e Magda Neves (UFMG)
Sessão 2 – Processos de trabalho, gestão e controle
1. Remuneração variável: um eufemismo para o pagamento por produção, Leonardo Ferreira Reis e Francisco Alves
2. Qualidade de vida no trabalho (QVT) como mecanismo de controle laboral, Deise Cristine Campos da Silva
3. Dimensões desveladas de um controle negociado: o funcionamento da fiscalização sobre vendedores ambulantes em Belo Horizonte, Tarcísio Perdigão Araújo Filho
4. A Prática do coaching e o léxico gerencialista: aportes do conceito no Brasil, Bruno Casalotti Camillo Teixeira
GT15: História social do trabalho
Coordenadores: Paulo Fontes (CPDOC/FGV) e Elina Pessanha (UFRJ)
14:00 -15:30
Sessão 1 :
1. O Ministro dos Trabalhadores – Relações sociológicas entre a reputação de Jango no Ministério do Trabalho e o movimento operário (1953-1954), Barbara Goulart
2. A greve dos bancários em 1946: negociação e luta por direitos no Tribunal Superior do Trabalho, Alessandra Belo Assis Silva
3. Direito e conflito: a recepção das greves pelo poder judiciário entre 1917 e 1920, Thiago Patrício Gondim
4. Desemprego e marginalidade no Brasil no período 1940-1950, Pedro Henrique Evangelista Duarte
15:45 – 17:15
Sessão 2 :
1. Profissão, militância e outras relações sociais na trajetória de uma engenheira, Sérgio Martins Pereira
2. (Des)industrialização da manchester fluminense: uma análise a partir do trabalho nas fábricas de sardinha, Patrícia Santiago de Medeiros Corrêa e Nilton Soares de Souza Neto
3. Trabalhadores da cerâmica: entre a vida pretérita a experiência frente às olarias – 1970 – 1990, João Henrique Zanelatto
4. Saudosos do que não viveram – A Estiva e seu Sindicato no Porto Pré-Capitalista do Rio de Janeiro, Thiago Vinícus Mantuano da Fonseca
17h-17h30 – Coffee Break
17h30 – 19h30 – Fóruns e atividades culturais.
Fórum 4 – Mercado de trabalho, pobreza e desigualdade
Coordenador: Cimar Azeredo (IBGE)
Convidados: Laís Abramo (Diretora da Divisão de Desenvolvimento Social da CEPAL); Paulo Jannuzzi (Prof. ENCE/IBGE); José Ribeiro Guimarães (Oficial de Programa na OIT/Brasil); Marcia Leite (Profa FE e IFCH/UNICAMP)
Fórum 5 – Ciclos de greves em perspectiva comparada: Trabalhadores rurais e urbanos entre as décadas de 1970 e 1980.
Coordenador: Jaime Santos Júnior (Doutor em Sociologia. Pós-doutorando no Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal do ABC (UFABC)).
Convidados: José Sérgio Leite Lopes (Doutor em Antropologia Social. Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGAS/UFRJ)); Marilda Aparecida de Menezes (Doutora em Sociologia. Professora Visitante Nacional Senior – CAPES/UFABC); Murilo Leal Pereira Neto (Doutor em História. Professor Adjunto, Professor no Mestrado em Economia e Desenvolvimento da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)); Moacir Gracindo Soares Palmeira (Doutor em Ciências Humanas. Professor Titular no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ))
Fórum6 – O conceito de trabalho numa perspectiva ampla: o trabalho remunerado e as outras formas de trabalho
Coordenadora: Alessandra Scalioni (Doutora em economia pela UFF e pesquisadora do IBGE)
Convidados: Maria Lucia Vieira (IBGE); Alessandra Brito (IBGE); Celia Kerstenetzky (UFRJ)
Fórum 7 – Negociação coletiva e greves em um contexto de crise
Coordenador: Mahatma Ramos dos Santos (Técnico do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômico) e mestrando do Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia (PPGSA) da UFRJ)
Convidados: Rodrigo Linhares (Técnico do Dieese e Mestre em Geografia Humana pela FFLCH-USP); José Sergio Leite Lopes (Doutor em Antropologia Social e Professor Titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)); Eduardo Garuti Noronha (Doutor em Ciência Política pela USP e Professor Associado em Ciência Política na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)); Paula Regina Pereira Marcelino (Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e Professora do Departamento de Sociologia da Universidade de São Paulo (USP)).
Fórum 8: Memória e futuro do trabalho no Brasil: os 30 anos do Amorj/UFRJ
Coordenadora: Elina Pessanha (Ifcs Ufrj- Rio)
Convidados: Sayonara Grillo (Direito Ufrj- Rio); Magda Biavaschi (Cesit- Campinas); Ivan Alemão (Direito Uff- Niterói); Karen Artur (Ciência Política, Ufscar- S Carlos)
Fórum 9: Novas expressões o mundo do trabalho, globalização e ação coletiva
Coordenador: José Ricardo Ramalho (IFCS-UFRJ)
Convidados: Jacob Lima (UFSCAR-SP); Roberto Véras de Oliveira (UFPB-Paraíba); Iram Jácome Rodrigues (USP-SP)
 Fórum 10: A Revolução de 1917 e os sonhos revolucionários da igualdade
Coordenação
Marco Aurélio Santana (UFRJ)
Palestrantes
Daniel Aarão Reis (UFF)
Hildete Pereira de Melo (UFF)
Luís Manuel Fernandes (PUC-RIO)
 

Atividades Culturais – Lançamento do documentário ” Mulheres das Águas” -FIOCRUZ/UFRJ

Powered by themekiller.com