GT 4 – Trabalhos aceitos

0

GT 04 – Reconfigurações do trabalho

  1. Terceirização sem limites: impactos na negociação coletiva, Adriana Marcolino, Luis Ribeiro da Costa e Regina Coeli Camargos
  2. Proletários do fitness,   Alvaro de Azeredo Quellas e Bruno Martins Raposo
  3. A PERDA DO DIREITO DE ADOECER: O TRABALHADOR FRENTE AO DESMONTE DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, Ana Claudia Mendonça Semedo
  4. STARTUPS, COWORKING E PÓS-FORDISMO: MODELOS, DISCURSOS E RACIONALIDADES COERENTES PARA UM NOVO MOMENTO DO TRABALHO, Breilla Zanon
  5. Território comercial de Toritama: persistência e metamorfoses da informalidade, Bruno Mota Braga
  6. Entre a proteção social e a emancipação: estratégias de sobrevivência de artesãs rendeiras no Cariri Paraibano, Carla Gisele Moraes
  7. Reconfigurações do trabalho na produção fabril de confecções no Agreste de Pernambuco, Claudia Freire
  8. Trabajo a domicilio, último eslabón de los encadenamientos de la producción neoliberal en Chile, Claudia Gonzalez
  9. O papel das marcas na indústria automobilística, Diego Moreira Maggi
  10. O trabalho das sacoleiras do polo atacadistas de confecções de Maringá, Flávio Ribeiro de Lima
  11. Precarização, intensificação, fragmentação e desvalorização do trabalho docente dentro e fora da escola,   Graziany Penna Dias, Fabricio Teixeira Barbosa e Tiago da Silva Oliveira
  12. Trabalhadores do Imaterial Precarizados, Henrique Amorim
  13. Terceirização e trabalho precarizado: o caso dos eletricitários da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Igor Silva Figueiredo
  14. IMBRICAÇÕES ENTRE TRABALHO PRODUTIVO E REPRODUTIVO NO SETOR DE CONFECÇÃO,Jaqueline Pereira de Oliveira Vilasboas
  15. O NOVO E PRECÁRIO MUNDO DO TRABALHO NO SÉCULO XXI: REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA, FLEXIBILIZAÇÃO DO TRABALHO E DESEMPREGO NA MITSUBIHSI DE CATALÃO (GO), José de Lima Soares
  16. CAPITALISMO BRASILEIRO E SUEREXPLORAÇÃO DA FORÇA DE TRABALHO: a contribuição de Ruy Mauro Marini, Júlia Ferrari Raposo de Moraes
  17. O TRABALHO TERCEIRIZADO NA PETROBRÁS: A PRECARIEDADE E O CONTROLE EXPRESSOS EM CONTRATO, Luiz Augusto Lopes
  18. O mercado de trabalho brasileiro a partir dos anos 2000: uma leitura dos dados a luz da categoria Superexploração da força de trabalho, Márcia de Lima Pereira Couto, Carlos Augusto Couto Xavier e José Raimundo Barreto Trindade
  19. AS RELAÇÕES DE TRABALHO NO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA: IMPLICAÇÕES PARA O TRABALHO DOCENTE NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, Mariana Novaes e Eucídio Pimenta Arruda
  20. A PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO EM JARAGUÁ DO SUL – SC: UM ESTUDO SOBRE AS TRABALHADORAS DO SETOR TÊXTIL-VESTUARISTA, Melissa Coimbra Barcellos Coimbra e Maria Soledad Etcheverry Orchard
  21. As formas flexíveis de contratação no emprego formal dos profissionais de saúde entre 2004 e 2015, Juliana Bacelar de Araújo e Camila Lins Rodrigues
  22. CONTROLE DO TRABALHO DOCENTE NO ENSINO SUPERIOR PRIVADO NO CONTEXTO DA ACUMULAÇÃO FLEXÍVEL EM CAMPINA GRANDE/PB, Nadine Gualberto Agra
  23. O RECRUTAMENTO INTERNACIONAL DE MÉDICOS CUBANOS PELO PROGRAMA MAIS MÉDICOS, Patrícia Villen
  24. Precarização do tempo de trabalho e seus impactos sobre o ofício docente, Sidartha Sória e Silva, Darcilene Gomes e Patrícia Vieira Trópia
  25. O TRABALHO E SUAS RECONFIGURAÇÕES PRECÁRIAS: Um estudo em pequenos empreendimentos do setor calçadista de Campina Grande-PB, Roseli de Fátima Corteletti
  26. A terceirização como a ponte que une o proletário público e o privado: subjetividades dos gestores de contratos de serviços terceirizados em uma IFES, Sandra Oliveira Mayer Barros e Cristina Lourenço Ubeda
  27. O TRABALHO NO SETOR DE CONFECÇÃO EM GOIÂNIA-GO: MUDANÇAS E PERMANÊNCIAS, Selma Maria da Silva
  28. Uma distorção conceitual: informalidade e empreendedorismo, Thiago Brandão Peres
  29. CRISE DO CAPITAL E A TERCEIRIZAÇÃO NAS RELAÇÕES DE TRABALHO, Rafael Norat e Maria de Fátima Melo do Nascimento

Powered by themekiller.com