Programação GT 5

0
Programação GT 5 – Sindicalismo e ação coletiva dos trabalhadores
Coordenadoras: Patrícia Vieira Trópia (UFU), Paula Marcelino (USP), Andreia Galvão (Unicamp)
1a. Sessão: Sindicalismo brasileiro hoje – parte I (HOUVE ALTERAÇÃO DE HORÁRIO)
Coordenação: Patrícia Vieira Trópia (UFU)
Dia 7/9 
Das 8 às 10H30
  1. Teoria da revitalização sindical: contribuições e limites para analisar o sindicalismo brasileiro, Ana Paula Fregnani Colombi (Unicamp)
  2. Os governos do PT e o movimento sindical: Apaziguamento ou aceleração da dinâmica das greves no Brasil?, Anderson Martins Silva  (UFJF)
  3. O sindicalismo brasileiro diante do golpe, Andréia Galvão (Unicamp) e Paula Pereira Marcelino (USP)
  4. Por onde anda o movimento dos trabalhadores? Uma análise das transformações sociais no Brasil e seus impactos sobre a mobilização dos trabalhadores no lulismo, Bruno Moreno Carneiro Freitas (UFF)
  5. O Sindicato dos Metalúrgicos de Joinville em disputa durante o primeiro governo Dilma Rousseff, Ana Paula Nascimento (UFU)
  6. A dimensão tecnológica do capitalismo contemporâneo e a revitalização sindical: o caso da categoria bancária no Brasil, Gustavo Machado Cavarzan (Unicamp) e José Dari Krein (Unicamp)
2a. Sessão: Sindicalismo brasileiro hoje – parte II
Coordenação: Paula Marcelino (USP)

Dia 8/9

Das 14 às 17 horas

  1. O sindicalismo na corda bamba: um balanço da ação sindical nos anos PT, José Luiz Soares (UFRJ)
  2. Sindicatos e Fundos de Pensão no Governo Lula, Mateus Ubirajara Silva Santana (Unicamp), Paulo Sérgio Fracalanza (Unicamp) e Lício da Costa Raimundo (Unicamp)
  3. GARIS EM MOVIMENTO: a greve de 2014 e o Círculo Laranja, Veronica Triani (PPGSD/UFF e CIRT/UFRJ)
  4. Movimento sindical e juventude: Uma investigação da juventude da CUT, Leise Helena Filgueiras (UFBA)
  5. A influência da participação sindical nos critérios de justiça distributiva de trabalhadores do comércio, Tiago Magaldi (PPCIS-UERJ)
3a. Sessão:  Ações coletivas dos trabalhadores
Coordenação: Andréia Galvão (Unicamp)
Dia 8/9
Das 14 às 17 horas
  1. TRABALHADORES MARGINAIS E CONTESTAÇÃO: a ação coletiva nos movimentos sem-teto, Flávia Gabriella Mariano (UFU)
  2. Joint-ventures, deslocamentos e ações coletivas, Sabrina de Oliveira Moura Dias (UFF)
  3. A INEXISTÊNCIA DE AUTONOMIA DA VONTADE COLETIVA FRENTE À GLOBALIZAÇÃO ECONÔMICA E O NEOLIBERALISMO, Rubens Soares Vellinho (Universidade Católica de Pelotas)
  4. Sindicalismo e movimentos sociais: o caso dos metalúrgicos do município de Açailandia-MA durante a crise e pós-crise econômica internacional de 2008, Wendson Veras Asevedo  (UFMA)
  5. O trabalhador da enfermagem: Entre a conquista da formalização e a dureza do regime de trabalho: dilemas para ação coletiva, Helton Saragor de Souza (USP) e Aquilas Nogueira Mendes (USP; PUC-SP)

4a. Sessão: Desafios do sindicalismo nacional e internacional 

Coordenação: Patrícia Vieira Trópia (UFU); Paula Marcelino (USP) e Andréia Galvão (Unicamp)
Dia 9/9
Das 14 às 17 horas
  1. Foxconn Brasil: a incerta protecção do trabalho nas relações sindicais, Davide Bubbico (Universidade de Salerno (ITALIA))
  2. Ação sindical e a questão de gênero: um estudo sobre a participação das mulheres nas direções da Central Única dos Trabalhadores – CUT, Elida Franco (UFBA)
  3. Trabalhadores e sindicatos na construção da prática sindical revolucionária na Primeira República: questões historiográficas, Kaio César Goulart Alves (UFJF)
  4. Características y determinantes de las huelgas laborales (in)eficaces en el sector privado de la economía en el Chile Actual (2006-2016), Nicolás Selamé (Universidad de Chile) e Nicolás Ratto (Universidad de Chile)
  5. “Nuestra Lucha es en Contra del Sindicato” Una Etnografia del Antagonismo Obrero del Sindicalismo de Protección Patronal en México. El Caso de la Industria Automotriz, Paolo Marinaro (UNAM – Mexico)
Sessão de Pôsteres 
Dia 9/9
Das 14 às 17 horas

1. A influência das manifestações de junho de 2013 nas lutas e greves de trabalhadores sindicalizados de São Paulo (SP), Mateus Alves de Mendonça (USP ) e Paula Pereira Marcelino (USP)
2. Sindicalismo brasileiro e precarização do trabalho, Maisa Santos Calazans Silva (Unicamp)

Powered by themekiller.com