Programação gt 7

0
GT 7 – Trabalho análogo ao escravo: conceitos, manifestações e desafios na sociedade contemporânea 
Coordenadores:  Vitor Filgueiras (Unicamp) Maurício Sabadini (UFES) e Ricardo Rezende (UFRJ)
Sessão 1 – Trabalho análogo ao escravo: Questões jurídicas e contemporâneas (HOUVE ALTERAÇÃO DE DATA E HORÁRIO)
Dia 7 de setembro de 2017
Das 8 às 10h30 horas
  1. DEFINIÇÕES DE TRABALHO ESCRAVO CONTEMPORÂNEO ENTRE PROCURADORES NO INTERIOR PAULISTA (1993 E 2003), NAUBER GAVSKI DA SILVA
  2. A JURISPRUDÊNCIA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL E A CARACTERIZAÇÃO DO TRABALHO EM CONDIÇÕES ANÁLOGAS À DE ESCRAVO, JOSÉ CLAUDIO MONTEIRO DE BRITO FILHO, ANA CAROLINA DEL CASTILLO JUCÁ e BEATRIZ BERGAMIM DUARTE
  3. AS REPERCUSSÕES PENAIS DO TRABALHO ANÁLOGO AO ESCRAVO NA BAHIA REGULAÇÃO FRÁGIL E EM DISPUTA, CESAR VAZ DE CARVALHO JUNIOR e UALLACE MOREIRA LIMA
  4. TRABALHO ESCRAVO, VEDAÇÃO AO RETROCESSO SOCIAL E DIREITO FUNDAMENTAL AO TRABALHO NÃO ESCRAVIZADO, MAGNO PIMENTA RIGA e ANDRÉ ESPOSITO ROSTON
  5. SER E NÃO SER LIVRE: A MORFOLOGIA DO TRABALHO ESCRAVO CONTEMPORÂNEO, GISELLE SAKAMOTO SOUZA VIANNA
Sessão 2 – Trabalho análogo ao escravo: Trabalho rural, políticas públicas e questões sociais
Dia 7 de setembro de 2017
Das14 às 17 horas

Trabalho rural
1. O TRABALHO ANÁLOGO À ESCRAVIDÃO EM ÁREAS RURAIS NO ESTADO DO PARÁ. E AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS SOBRE TRABALHO E JUSTIÇA, JULIETE MIRANDA ALVES
2, PERFIL DE TRABALHADORES EGRESSOS E VULNERÁVEIS A SITUAÇÃO DE TRABALHO FORÇADO NO MATO GROSSO: UM OLHAR SOBRE O PROJETO AÇÃO INTEGRADA E CADASTRO ÚNICO, LUANA PASSOS DE SOUZA e LUIZ FUJIWARA

Políticas públicas
3. POLÍTICAS PÚBLICAS DE PREVENÇÃO E ASSISTÊNCIA ÀS VÍTIMAS DE TRABALHO ANÁLOGO AO ESCRAVO E TRÁFICO DE TRABALHADORES E A POSSIBILIDADE DE AÇÕES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO, LYS SOBRAL CARDOSOA
4. GOVERNANÇA PÚBLICA E SEUS LIMITES NO COMBATE AO TRABALHO ESCRAVO CONTEMPORÂNEO, MAIARA MARINHO, FERNANDO DE OLIVEIRA VIEIRA e ELÂINE BARBOSA DA SILVA

Questões sociais/marco de crítica social
5. TRABALHO NAS CARVOARIAS DA AMAZÔNIA: ESCRAVIDÃO CONTEMPORÂNEA E ACUMULAÇÃO FLEXÍVEL, ANA ELIZABETH NEIRAO REYMAO, SARAH GABAY PEREIRA e LORENA DE FÁTIMA AMARAL ESTEVES
6. TRABALHO ESCRAVO NA FRONTEIRA DO CAPITAL: UMA MANIFESTAÇÃO DA ACUMULAÇÃO DIALÉTICA DO CAPITAL, CLEIDIANNE NOVAIS SOUSA CRISPIM e SEBASTIÃO NOVAIS SOUZA CRISPIM

Powered by themekiller.com