Sobre a ABET

0

Associação Brasileira de Estudos do Trabalho

A ABET é uma sociedade civil de caráter técnico-científico, sem fins lucrativos, fundada em 1989, em São Paulo, com prazo indeterminado de duração e conta com aproximadamente 400 (quatrocentos) associados. Desenvolve eventos e atividades acadêmicas direcionadas à área-tema de seus objetivos e que possam ter implicações em políticas públicas. A Associação realiza encontros nacionais bienais que elegem uma temática central estruturante das discussões nas conferências, mesas redondas, reuniões com temáticas específicas e sessões de apresentação de resultados de pesquisas voltadas para o mundo do trabalho, selecionados por comissão científica.

Paralelamente aos encontros nacionais, a Associação desenvolve meios para estimular a divulgação de pesquisa através de sua política de publicações: edita regularmente um Boletim Informativo, a Revista da ABET e mantém um site (www.abet-trabalho.org.br). A ABET privilegia a proposta multidisciplinar onde se conjugam as Ciências Econômicas, o Direito, a Sociologia, a Ciência Política, a História, a Medicina e Segurança do Trabalho, a Educação, a Psicologia, a Antropologia, a Engenharia, entre outras.

A ABET apresenta-se historicamente como um espaço amplo para debates dessa área específica que requer olhares que transponham barreiras consolidadas pela divisão das ciências e possam captar as transformações econômicas e sociais e, com isso, fornecer instrumentos para intervenções em políticas públicas. Os diretores e presidentes, desde a sua fundação, têm trajetórias consolidadas de pesquisa em instituições públicas de ensino e pesquisa, caracteristicamente universidades federais.

 

  1. São objetivos da ABET
  • difundir resultados de pesquisas e do ensino na área de estudos do trabalho, mediante o desenvolvimento de atividades acadêmico-científicas;
  • promover o debate de questões relativas ao trabalho no Brasil e no mundo.
  • incentivar o conhecimento inter e multidisciplinar sobre o trabalho pela aplicação das diversas disciplinas e ciências voltadas para o seu estudo;
  • fortalecer o intercâmbio científico entre os pesquisadores das disciplinas dedicadas às questões do trabalho, como a Economia, o Direito, a Sociologia, a História, a Medicina e Segurança do Trabalho, a Educação, a Psicologia, a Antropologia, a Engenharia e outras;
  • criar um fórum científico em nível nacional para o debate dos problemas afetos ao mundo do trabalho;
  • realizar encontros, congressos, conferências, publicação e divulgação da produção científica na área do trabalho;
  • manter contatos e parcerias com entidades congêneres nacionais e internacionais e atividades pertinentes à realidade do trabalho;
  • desenvolver atividades conforme eixos temáticos específicos na área de estudos do trabalho, que constituem Grupos de Trabalho (GTs)
  • estimular a formação de uma rede de pesquisadores da temática trabalho pertencentes a Grupos de Pesquisa nas diversas áreas afins.

 

Share.

Powered by themekiller.com